<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD> <BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11472025\x26blogName\x3dEsferogr%C3%A1fica+Azul\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://esferograficaazul.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://esferograficaazul.blogspot.com/\x26vt\x3d-8450078954255448002', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, 10 de março de 2008 - 2:59 PM

Chega um momento em nossas vidas que a gente meio que se cansa de certas coisas... e esse momento chegou pra mim.

Eu cansei de ser somente azul... eu quero ser colorida, eu quero ser independente, eu quero ser mais eu. Cansei de ser de uma cor só, porque dentro de mim existem várias matizes ainda pouco exploradas, até mesmo por mim.

Há ainda um universo de cores a ser visto, de paletas novas que vão dos tons pastéis aos mais vibrantes; dos que são modinha até aqueles do tempo das vovós.

Não que eu tenha crescido, amadurecido nem coisa e tal (se bem que a gente sempre cresce um pouco, querendo ou não).

E então, nesse dia, eu senti o peso do azul... e embora exista uma grande quantidade de tons de azul, ele é azul em sua essência, nada mais que uma cor, simples assim! Eu continuo amando o azul... e todos os seus tons. Mas ele me pesou...

São quase 4 anos escrevendo como "dona da caneta", mas hoje eu decidi que quero ser multi-colorida...
Não vou mudar meu modo de escrever, nem o que eu sou em minha essência real, só vou expandir meus horizontes e deixá-los com um pouco mais de vida, de calor, de cor...
Talvez um dia eu canse de ser colorida e volte a ser só azul só, nunca se sabe...

Bem.. sejam bem-vindos(as) ao meu mais novo blog:



Obrigada até aqui...
Espero vocês por lá...

Passado a limpo pela Lelinha -- Link do Texto